quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Magistério Indígena- Altamira


No dia 2 de julho de 2012, estive em Altamira pelo segundo ano participando da qualificação profissional dos povos indígenas: Arara, Assurini, Arawetê, Xikrin, Kaiapó, Xipaya, Parakanã e Juruna. Ministrei a disciplina Língua Portuguesa nesta etapa presencial do curso normal em nível médio de Formação de Professores Indígenas do Pará. O desenvolvimento deste trabalho, em quatorze dias, é muito gratificante. 

Com um planejamento organizado foi possível trabalhar seis classes gramaticais neste módulo, utilizando vídeos, gêneros textuais de apoio, além de exercícios de fixação, seminários e provas. A sequência do conteúdo acontecerá na próxima etapa. A dedicação, responsabilidade e compromisso com os povos indígenas promove um retorno muito bom ao professor que se envolve com a formação. 
A afetividade é fundamental para perceber que é preciso sempre revisar os conteúdos e ultrapassar os obstáculos que a língua dificulta, no entanto, o esforço dos povos indígenas é surpreendente. Eles comprometem-se com os estudos durante 1 mês, deixam parte da família para trás, quando não, levam os filhos para os alojamentos. Tudo, é uma forma de não se desligar do objetivo principal que é SER PROFESSOR NA ALDEIA INDÍGENA.
 Isso mesmo, eles buscam, com muito estudo, dedicar-se futuramente a educação infantil de 1ª a 4ª série, além de ter a oportunidade de avançar seus estudos e garantir uma educação de qualidade para as crianças das aldeias abrangidas pelo projeto. 
A coordenação de Educação escolar Indígena (Ceind), na qual trabalho espera que os povos indígenas possam ter uma qualidade de vida melhor e uma relação mais próxima e igual com o resto da sociedade, visto que terão uma base e em uma formação intercultural e bilíngue. 
Realizo esse trabalho com muito carinho e compromisso. Trabalhar na formação indígena é um prazer e uma troca intensa de cultura, aprendizados variados. Àqueles professores que não viveram ainda essa experiência, fica a dica. O processo, posso dizer, é muito enriquecedor e prazeroso.